Este fórum ficará ativo até 15/Jun/2019. LEIA AQUI.

Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

lieggio

Participante
  • Postagens

    360
  • Desde

  • Última visita

  • Days Won

    5

lieggio venceu no dia Março 7

Seu conteúdo teve mais votos "Gostei" neste dia!

Sobre lieggio

  • Data de Nascimento 09/04/1981

Como me contatar

  • URL do site ou blog
    http://www.gamacidadao.com.br
  • Facebook
    https://www.facebook.com/llieggio
  • Google+
    lieggio
  • Skype
    lieggio

Perfil

  • País
    Brasil
  • Estado
    Goiás
  • Idade
    35 a 44 anos
  • Sexo
    masculino
  • Escolaridade
    Superior completo
  • Área Profissional
    Comunicação / Marketing
  • Nível Profissional
    Autônomo
  • Nível de conhecimento de Windows
    Avançado
  • Nível de conhecimento de Segurança Digital
    Básico
  • Sistema operacional que vc utiliza no dia-a-dia
    Windows 10

Últimos Visitantes

6.715 visualizações

Humor

  • Satisfeito
  • Me sentindo Satisfeito
  1. Aliás eu não sei porque a Microsoft resolveu seguir essa linha e insistir numa coisa que não é seu forte mais. Daqui a pouco a Google compra briga porque a empresa de Redmond está introduzindo um "Chrome modificado" nativamente no sistema operacional sem a marca do Google e coisa e tal. Vendo por esse ângulo não faria mais sentido, então, que a Google continuasse a desenvolver seu navegador. Por outro lado se a Microsoft não "enfiar goela abaixo" o seu "navegador" vai continuar retardatária. Se nem "enfiando goela a baixo" o Edge emplacou. Imagine se esse Edge Chromium não vier nativamente no sistema como navegador padrão. Vocês acham mesmo que, havendo opções consolidadas nesse cenário, as pessoas vão baixar um navegador da microsoft que só carrega um nome?! Vão nada! Ainda mais usuários de Mac OS e Linux (sistemas que a Microsoft tem dito que irá disponibilizar seu "novo" navegador). Quem usa Chrome, onde quer que seja, vai continuar usando o navegador da Google e quem não usa Chrome vai continuar não usando. A Microsoft não é a primeira, nem será a ultima a fazer isso, pegar a estrutura de um software de outra empresa e criar uma variação do produto com sua marca e nome. Agora pra que isso caia no gosto do povo tem que fazer algo muito além do que o original proporciona. Querem ver um bom exemplo disso? O Opera Browser. Eu uso ele no Linux (principalmente) e no Windows 10. Um navegador que atualmente deixou suas origens e passou a ser mais uma variação do Chrome. Porém o que vejo de interessante nele, que no meu ponto de vista o torna mais atrativo que o Google Chrome, é os recursos que ele tem. Além de manter sua proposta original (o speed dial e customização visual), o Opera traz a barra de mini aplicativos, muito útil. Principalmente o app do Whatsapp que em Windows anteriores ao 10 ou em sistemas como Linux e outros, é uma mão na roda! Pelo menos eu acho. Bom vamos ver o que vai se tornar esse Edge Chromium. Só sei que ainda é cedo pra traçar um futuro para ele. Porém a Microsoft precisará fazer algo revolucionário, caso contrário poderá arrumar sérios problemas com a Google. Escrevam o que estou dizendo. A empresa de Redmond já teve problemas no passado, não só com a finada Netscape, como também com a União Europeia.
  2. Esse "navegador" Edge Chromium ainda está longe de mostrar a que veio. Está em versão alpha ainda. O que fizeram até agora nada mais foi que pegarem a espinha do Chrome e introduzi-la no corpo do Edge. A única vantagem que ví nessa proposta de navegador até o momento, é que ele se mostrou bem mais leve do que o próprio Chrome. Apenas isso e nada mais, pois não passa de um Chorme com ícones, cara e nome do Edge. No meu humilde modo de pensar não vale a pena usar no dia-a-dia se você não buscar leveza. Fora isso ai que mencionei é melhor usar o Chrome que está finalizado e sem obscuridades, costumeiramente presentes em versões de desenvolvimento. Afinal de contas essas versões (geralmente denominadas de "Alpha") estão em seus estágios preliminares. Muita coisa vai acontecendo no decorrer em que o desenvolvimento vá evoluindo. Bom é o que eu penso.
  3. Eu tenho enfrentado problema semelhante. E só acontece no Windows 10. Bateria CMOS 👍 Horário na BIOS 👍 Horário nos demais sistemas 👍 Horário no Windows 10 ❌ Vira e mexe ele está horas adiantado. Do nada volta ao normal. Alguém tem alguma dica do que possa ser???
  4. Eu tenho 6Gb de RAM e o consumo do meu firefox com muitas abas abertas fica assim... Vide imagem em anexo. ☝️ Eu customizei o visual dele para ficar com a aparência do seu "pai", o Netscape. Mas é a ultima versão do Firefox.
  5. Hoje em dia 120Gb para a unidade do sistema é muito pouco. Eu tenho 500Gb designado pra unidade do sistema e aplicativos. Somente isso está lá. Para arquivos tenho 1Tb. Mesmo 500 gigas, com todos os apps, drivers, sistema, plugins e correlatos, tem consumido 115Gb. Ou seja se fosse uma unidade com apenas essa quantidade, estaria quase cheia. Isso não é bom.
  6. Pessoal quero nesse post (thread) compartilhar minha experiência com o uso do Windows Defender (atualmente rebatizado para Segurança do Windows). No meu computador sempre utilizei um programa antivírus de terceiro. No meu caso minha preferência sempre foi o AVAST já a muitos anos. Tanto a versão free, mais usada por aqui, quanto a versão paga. Mas eu também já experimentei outros softwares do gênero, seja por motivos do avast não ser compatível com determinada versão do Windows (por ela ser de testes). Seja meramente pra testes e conhecimento. Uma coisa que já é bem conhecida por quem usa o Windows mais afundo, se é que pode-se dizer assim, é que em versões de testes do sistema (prévias ou betas) programas de antivírus de terceiros costumam não serem compatível. As vezes instalam, mas não funcionam corretamente. As vezes provocam congelamentos do sistema. As vezes nem instalam. Assim sendo na atual conjuntura, quem resolve testar uma nova proposta do Windows fica a mercê do que o próprio sistema traz no quesito segurança. É de conhecimento, também, que a Microsoft nunca foi especialista em um programa focado basicamente em segurança de forma que pudesse ser enquadrado como mais uma opção de antivírus. A sua principal tacada nesse sentido tem sido com o Windows Defender, que começou lá pra 2005, onde o S.O. da vez era o Windows XP, com o nome de Microsoft Security Essentials. Que foi renomeado, posteriormente, para Windows Defender e que agora é o "Segurança do Windows". Antes do Windows 10, você precisava baixar o Windows Defender do site da Microsoft ou outro site de aplicativos de sua preferência. No Windows 10 ele foi incorporado ao sistema e vem sendo melhorado na "mesma tocada" que o próprio Windows. Ocorre que o Security Essentials, Windows Defender ou Segurança do Windows, nunca teve muita reputação a ponto de ser considerado um "verdadeiro" antivírus. Então ainda sim é importante ter um programa de terceiros mantendo seu sono tranquilo e em dia. Mas com a evolução do sistema operacional e, consequentemente, dos aplicativos de segurança do Windows, nota-se uma evolução enorme do "Defender" no atual momento. A coisa chegou a tal ponto que, depois que o Windows atualizou para a versão finalizada 1809, não coloquei o Avast na minha máquina. Não senti necessidade, ainda. E confesso a vocês que estou surpreso com a eficiência que o aplicativo de segurança do Windows 10 está apresentando. Assim sigo usando apenas o "Segurança do Windows", ou "Wndows Defender", sem problemas. Realmente estou surpreso com ele. Como voltei a ser usuário de testes do Windows (user insider) e estou utilizando uma versão prévia do sistema, sei que programas de antivírus de terceiros acabam não sendo compatíveis com essas versões. Então nessa versão do Windows estou apenas com o "Segurança do Windows" e não me sinto desprotegido. Tenho cuidado com o que faço aqui, mas ele tem funcionado. Peguei um pendrive e ele encontrou problemas. Não só alertou como removeu o arquivo infectado. Realmente estou surpreso. Espero que realmente a Microsoft esteja acertando a mão nesse quesito também, mas ainda não me sinto totalmente confortável em ficar sem um bom antivírus de terceiro. O certo é que ele está funcionando tão bem quanto o AVAST funciona na versão "finalizada' do Windows 10. Vejam como ele está se portando aqui no meu Windows 10 Insider Preview: Funcionamento: OK Monitoramento: Em tempo real Detecção: O que, por ventura, andou aparecendo por aqui ele detectou da mesma forma que o AVAST. Impacto no consumo do sistema: relativamente baixo Concluindo, não sei se ainda é totalmente possível viver somente com o "Segurança do Windows" (Windows Defender), mas até o momento está dando pra ficar só com ele. Alguém mais está usando apenas isso, sem outro programa de terceiros? O que estão achando da nova proposta? Deixo esse post (thread) para abordarmos essa questão. Dá pra não usar outro programa de antivírus???
  7. Estou usando o Windows 10 Insider preview Build 18855 e com exceção da loja os demais apps modernos que vem pré instalados tem opção de serem desinstalados. No próprio menu de contexto, ao se clicar com o botão direito do mouse em cima da "tile" de algum app moderno que deseja remover, aparece a opção desinstalar. Veja imagem: Ao que tudo indica agora deve se tornar possível remover qualquer aplicativo presente no Windows 10. Exceto a loja de aplicativos.
  8. As memórias podem estar com problemas ou a própria placa-mãe. Teria que testar as memórias em outro equipamento pra ver se elas ocasionam os bips. Caso contrário pode ser a placa-mãe mesmo. O que pode fazer é testar outras memórias nessa placa se possível.
  9. A tempos não uso esse tipo de programas. Faço apenas uma limpeza completa dos discos quando noto estar precisando e só.
  10. Quanto ao antivírus no seu caso o Avast ou o Kaspersky seria a melhor opção.
  11. Essa lentidão e esse problema me parecem ação causada por algum vírus ou malware. Se ela conseguiu instalar o app não tinha porque não conseguir remover. A não ser que alguma coisa tenha retirado privilégios do usuário no computador. Tem muito vírus e malwares que causam isso, justamente pra tentar impedir que o usuário tente alguma forma de desabilitá-los. Até onde eu sei, me corrijam que estiver errado, o Windows não fica sem uma conta com privilégios administrativos. Só se alguém criou outra conta com esse privilégio, colocou uma senha e alterou essa dai para menos privilégios. A dica que gosto de dar é, primeiramente, se tiver um antivírus faça um escaneamento ao ligar o computador. Geralmente dessa forma ele consegue captar problemas com mais frequência.
×
×
  • Criar Novo...