Conheça os Cursos do BABOO para usuários avançados e profissionais de TI

Ir para conteúdo
  • Publicidade

Baboo

  • Postagens

    10.531
  • Desde

  • Última visita

  • Days Won

    16

Baboo venceu no dia Agosto 10

Seu conteúdo teve mais votos "Gostei" neste dia!

Mídias Sociais

Sobre Baboo

  • Título
    MVP Windows

Como me contatar

  • URL do site ou blog
    www.baboo.com.br

Perfil

  • País
    Brasil
  • Estado
    São Paulo
  • Sexo
    masculino
  • Nível de conhecimento de Windows
    Profissional
  • Nível de conhecimento de Segurança Digital
    Profissional
  • Sistema operacional que vc utiliza no dia-a-dia
    Windows 10

Últimos Visitantes

51.418 visualizações

Humor

  • Aéreo
  • Me sentindo Aéreo
  1. A Avira disponibilizou para download nesta quinta-feira uma nova versão do seu popular antivírus gratuito para Windows, o Avira Free antivírus v15.0.38.15. O software oferece proteção contra vírus, Trojans, backdoors, worms e outros tipos de ameaças. Ele monitora o sistema operacional em tempo real e alerta o usuário caso detecte a atividade de algum software malicioso. A proteção em tempo real é oferecida pelo recurso Avira Protection Cloud, que usa a nuvem para detectar novas ameaças mais rapidamente. O changelog da versão 15.0.38.15 ainda não está disponível. Ele será publicado em breve aqui. Faça o download do Avira Free antivírus v15.0.38.15 A nova versão do Avira Free antivírus está disponível para download nos botões abaixo em inglês e em português. Ele é compatível com as edições 32 e 64 bits do Windows 7, Windows 8, Windows 8.1 e Windows 10. Avira Free antivírus v15.0.38.15 – Inglês Avira Free antivírus v15.0.38.15 – Português Saiba mais sobre o antivírus clicando aqui. Nota: Durante a instalação da versão 15.0.38.15, não se esqueça de escolher a opção Instalação Personalizada. Marque a primeira opção para instalar a versão gratuita O Avira Free antivírus v15.0.38.15 oferece proteção contra vírus, Trojans, backdoors, worms e outros tipos de ameaças. Ele monitora o sistema operacional em tempo real e alerta o usuário caso detecte a atividade de algum software malicioso O post Avira Free antivírus v15.0.38.15 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  2. A Microsoft anunciou a disponibilidade do Windows 10 Preview build 17737 para o HoloLens. Este build está disponível via Windows Update. Para quem não sabe, o HoloLens é o dispositivo de realidade mista da Microsoft. Mais informações sobre ele podem ser encontradas aqui. Windows 10 Preview build 17737 para o HoloLens De acordo com o anúncio da Microsoft, o Windows 10 Preview build 17737 para o HoloLens agora também está disponível em chinês e japonês. Este build traz principalmente correções de bugs e melhorias na estabilidade. A lista com os builds corrigidos no build 17737 inclui um que causa problemas com o cursor quando um mouse Bluetooth é usado, um que faz com que certas notificações sejam exibidas apenas como uma caixa cinza e um que faz com que a Cortana deixe de escutar o usuário em certos cenários. A lista completa com todos os bugs corrigidos pode ser vista no post com o anúncio da Microsoft. Já a lista com os problemas conhecidos no Windows 10 Preview build 17737 para o HoloLens inclui apenas dois itens: um que faz com que a caixa de diálogo de compartilhamento não seja carregada para todos os aplicativos disponíveis para compartilhamento e um que impede o recebimento de chamadas de Assistência Remota. Usuários rodando o April 2018 Update no HoloLens devem acessar o aplicativo Configurações, habilitar o Windows Insider Program e optar pelo canal de distribuição Rápido antes de poder fazer o download deste build. Quem está rodando o build 17720 só precisa executar o Windows Update para receber o novo build. Vale destacar que como ele está sendo distribuído via Windows Update, não será necessário apagar todos os dados armazenados no dispositivo. O post Microsoft disponibiliza o Windows 10 Preview build 17737 para o HoloLens apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  3. Pesquisadores de segurança alertaram recentemente que criminosos estão usando um novo método para burlar mecanismos do Office 365 Advanced Threat Protection e assim realizar novos ataques de phishing. O Office 365 Advanced Threat Protection oferece diversos mecanismos de segurança para empresas. Um destes recursos é a proteção contra mensagens maliciosas. A proteção faz uso de tecnologias como inteligência artificial e aprendizagem da máquina para ajudar contra phishing e outras ameaças verificando links nas mensagens e outros componentes. O problema é que os criminosos descobriram uma forma de burlar mecanismos do Office 365 Advanced Threat Protection usando links para documentos do SharePoint. Vale lembrar que em maio e junho este ano o ATP já foi alvo de ataques baseados na vulnerabilidade baseStriker e na técnica ZeroFont, respectivamente. Criminosos usam novo método para burlar mecanismos do Office 365 Advanced Threat Protection De acordo com a empresa Avanan, uma nova campanha de phishing que tem como alvo os usuários do Office 365 está utilizando mensagens de email supostamente da Microsoft contendo links para documentos do SharePoint maliciosos. O corpo da mensagem parece idêntico ao de um convite para colaboração em um documento enviado por outro usuário do SharePoint. Quando o usuário clica no link presente nesta mensagem, o navegador abre um arquivo do SharePoint automaticamente: O conteúdo do arquivo se parece com a tela padrão de requisição de acesso ao arquivo no OneDrive, mas com o link “Access Document” na parte inferior que redireciona o usuário para uma falsa tela de login do Office 365: Se o usuário inserir suas credenciais de login na página falsa, elas poderão ser utilizadas pelos criminosos. Para barrar este phishing o ATP também deveria verificar os links presentes nos documentos compartilhados, mas isso não ocorre. De acordo com a Avanan, este ataque já afetou 10% dos clientes do Office 365 nas últimas duas semanas. O post Criminosos usam novo método para burlar mecanismos do Office 365 Advanced Threat Protection apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  4. A Microsoft publicou em seu blog um post destacando algumas novidades no Windows Admin Center Preview v1808, que foi disponibilizado nesta semana para os participantes do Windows Insider Program e do Windows Insider Program for Business junto com o Windows Server 2019 Preview build 17733. Para quem não sabe, o Admin Center (ex-Project Honolulu) é uma experiência flexível e instalada localmente que possibilita o gerenciamento do Windows Server usando o navegador. Com ele você pode substituir diversas soluções de gerenciamento e configuração, como snap-ins do Microsoft Management Console, o Server Manager do Windows Server, o Gerenciador de Tarefas e etc. Saiba mais sobre o Windows Admin Center aqui. Novidades no Windows Admin Center Preview v1808 De acordo com o post da Microsoft, a empresa está implementando uma nova infraestrutura para suportar futuros cenários de gerenciamento e para melhorar a experiência com cenários híbridos do Azure Site Recovery e Azure Update Management. As configurações de servidor, como variáveis de ambiente, área de trabalho remota e configurações de RBAC (Role-based access control) agora estão disponíveis como uma ferramenta separada na lista de ferramentas do gerenciador do servidor no Admin Center Preview. As configurações do host para o Hyper-V também estão disponíveis em servidores “standalone” e clusters Hyper-V habilitado. As configurações do host para o Hyper-V em um cluster permitem a mudança de configurações em todos os nós ao mesmo tempo. Na área Máquinas Virtuais do Windows Admin Center Preview v1808, a Microsoft adicionou uma nova seção com opções de segurança para as VMs: O Windows Admin Center Preview v1808 também traz a nova ferramenta Apps & Features, que permite que os administradores gerenciem remotamente componentes instalados no Windows. Durante a conexão a um cliente com Windows 10, a ferramenta carregará os aplicativos instalados (Microsoft Store e Win32) e recursos que podem ser habilitados/desabilitados. Durante a conexão a um servidor, você verá apenas os aplicativos: Clique na imagem para ampliá-la A ferramenta pode ser instalada a partir da lista de extensões disponíveis no gerenciador de extensões. Além das novidades mencionadas acima, esta versão Preview traz versões atualizadas de algumas ferramentas como o Agendador de Tarefas, melhorias no suporte para o compartilhamento de arquivos e mais. A lista completa com todas as novidades e problemas conhecidos pode ser vista aqui. O post Novidades no Windows Admin Center Preview v1808 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  5. Antes disponível apenas para empresas, a opção para backup automático de pastas no OneDrive começou a ser disponibilizada para todos os usuários do serviço. O OneDrive é o serviço de armazenamento e sincronização de arquivos na nuvem da Microsoft e sucessor do SkyDrive. Ele foi lançado oficialmente no dia 19 de fevereiro de 2014. Saiba mais sobre o serviço aqui. Opção para backup automático de pastas no OneDrive Se a opção para backup automático de pastas no OneDrive já estiver disponível para você, é possível habilitá-la no Windows 10 acessando as configurações do cliente do OneDrive para desktop. Com a tela de configurações aberta, acesse a guia Salvamento Automático e clique no botão destacado na imagem: Imagem: Pureinfotech Em seguida, selecione as pastas que serão salvas automaticamente no serviço – Área de trabalho, Fotos e Documentos – e clique no botão para iniciar a proteção: Imagem: Pureinfotech Este recurso é útil para proteger os arquivos nestas pastas contra ataques de ransomware. Os arquivos salvos nestas pastas protegidas poderão ser acessados a partir de qualquer outro PC se o usuário fizer o login com sua conta no OneDrive. Para interromper o backup automático de pastas no OneDrive, basta repetir os passos acima e clicar no link destacado: Imagem: Pureinfotech Se esta opção não aparecer para você imediatamente, aguarde mais alguns dias/semanas. O post Opção para backup automático de pastas no OneDrive começa a ser disponibilizada para todos os usuários apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  6. A Microsoft disponibilizou nesta semana para os participantes do Windows Insider Program o Windows Assessment and Deployment Kit Preview build 17733. O Windows ADK é um conjunto de ferramentas que podem ser usadas para personalizar, avaliar e implantar sistemas operacionais Windows em novos computadores. O Windows Assessment and Deployment Kit Preview build 17733 permite que os profissionais de TI testem as versões mais recentes das ferramentas utilizadas para automatizar a implantação em larga escala. Esta versão do Windows ADK inclui: • O Toolkit de Avaliação do Windows e o Windows Performance Toolkit para avaliar a qualidade e o desempenho de sistemas ou componentes. • Várias ferramentas de implantação, como o WinPE, o Windows ICD (Designer de Configuração e Imagens do Windows) e outras ferramentas para personalizar e implantar imagens do Windows 10. IMPORTANTE: Desde o lançamento do build 17661, o Windows Preinstallation Environment (WinPE) e conteúdo relacionado agora é oferecido separadamente do ADK. Para adicionar o WinPE à sua instalação do ADK, baixe a ISO correspondente do WinPE e execute seu instalador. Esta mudança visa tornar mais fácil a atualização das ferramentas do ADK pós-RTM. Windows Assessment and Deployment Kit Preview build 17733 Os participantes do Windows Insider Program pode fazer o download do Windows Assessment and Deployment Kit Preview build 17733 e do Windows Preinstallation Environment Preview build 17733 neste link. Esta versão Preview pode ser usada com os builds mais recentes do Windows 10. Quem precisa do ADK para o Windows 10 v1803, v1709, v1703 ou v1607 pode fazer o download aqui. Esta página também oferece mais informações sobre o ADK e outros downloads como o ADK para o Windows 10 IoT Core e para o Windows 8.1 Update 1. O post Windows Assessment and Deployment Kit Preview build 17733 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  7. A Microsoft disponibilizou nesta semana para os participantes do Windows Insider Program a imagem WIM do Windows 10 Preview build 17733 para uso com o Desktop App Converter. Este build foi disponibilizado originalmente via Windows Update no dia 8 de agosto. Para quem não sabe, o Desktop App Converter é uma ferramenta que permite que os desenvolvedores convertam softwares baseados em .NET 4.6.1 e Win32 para a Universal Windows Platform. Os softwares convertidos com esta ferramenta poderão então ser enviados por eles para que possam ser distribuídos através da Microsoft Store. Faça o download da imagem WIM do Windows 10 Preview build 17733 Os desenvolvedores registrados no Windows Insider Program podem fazer o download da imagem WIM deste e também dos builds 17728, 17723, 17686, 17677 e 17672 clicando aqui. Já o Desktop App Converter está disponível para download em https://aka.ms/converter. Documentação e tutoriais de uso da ferramenta para desenvolvedores podem ser encontrados em https://aka.ms/converterdocs e https://aka.ms/convertervideos. O post Microsoft disponibiliza imagem WIM do Windows 10 Preview build 17733 para uso com o Desktop App Converter apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  8. Baboo

    Oracle VirtualBox v5.2.18

    A Oracle disponibilizou para download nesta semana o VirtualBox v5.2.18, nova versão do software gratuito que permite a criação e execução de máquinas virtuais em diversas plataformas. Com ele é possível utilizar múltiplos sistemas operacionais em um mesmo computador sem que seja necessário reparticionar o disco rígido. Além disso, o software inclui suporte para dispositivos USB, para sistemas operacionais 64 bits (hosts e guests) e para o Windows 8, Windows 8.1 e Windows 10. Alguns dos sistemas operacionais suportados podem ser instalados com a BIOS tradicional ou com o modo UEFI habilitado. O VirtualBox também inclui suporte para que o usuário arraste conteúdo do host para a máquina virtual e vice-versa, suporte para exportação de máquinas virtuais para a Oracle Cloud, suporte para instalação não-assistida de guests e mais. De acordo com o changelog publicado aqui, o VirtualBox 5.2.18 traz apenas correções de bugs. Faça o download do VirtualBox v5.2.18 Usuários do Windows podem fazer o download do VirtualBox v5.2.18 neste link e os desenvolvedores interessados podem baixar o código-fonte desta versão aqui. Importante: Depois de instalar a versão 5.2.18, baixe e instale a nova versão do Oracle VM VirtualBox Extension Pack clicando aqui. Confira abaixo algumas imagens do software: VirtualBox exibindo algumas informações sobre a máquina virtual Usuários podem habilitar o suporte para EFI facilmente usando a opção acima antes de instalar o sistema operacional na máquina virtual Opção para habilitar a aceleração de vídeo O post Oracle VirtualBox v5.2.18 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  9. A VMware disponibilizou para download nesta semana o VMware Workstation Player v14.1.3 (ex-VMware Player), nova versão do seu software gratuito para uso doméstico e não-comercial que permite a criação e execução de máquinas virtuais no Windows. O Player suporta o Aero em máquinas virtuais com Windows 7 graças aos seus drivers WDDM integrados, permite a criação de máquinas virtuais com Windows XP* e também inclui suporte para a conexão de dispositivos USB 3.0. *O suporte para o Windows XP foi encerrado no dia 8 de abril de 2014 pela Microsoft. De acordo com o changelog publicado aqui, o VMware Workstation Player v14.1.3 agora faz uso da biblioteca openssl-1.0.2o e implementa proteções contra a vulnerabilidade ‘L1 Terminal Fault’ (L1TF) (CVE-2018-3646, CVE-2018-3620 e CVE-2018-3615) que afeta os processadores Intel Core e Intel Xeon. Mais detalhes estão disponíveis no artigo KB55636 publicado no site de suporte da VMware. Faça o download do VMware Workstation Player v14.1.3 O VMware Workstation Player v14.1.3 está disponível para download gratuitamente para Windows aqui. Para uso comercial, quem não pode ou não quer pagar pelo VMware Workstation Pro pode comprar uma licença do Workstation Player aqui. Vale lembrar que esta versão do VMware Workstation Player só pode ser instalada nas versões 64 bits do Windows. O software suporta a criação e execução de máquinas virtuais 32 e 64 bits. Para quem usa o software licenciado para uso comercial, o VMware Workstation Player v14.1.3 também é uma atualização gratuita para quem já usa a versão 14.x. Mais detalhes sobre o VMware Workstation Player e sobre os recursos suportados por ele podem ser encontrados aqui. Software é gratuito apenas para uso doméstico e não-comercial O post VMware Workstation Player v14.1.3 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  10. A Microsoft disponibilizou hoje para os participantes do Windows Insider Program o Windows 10 SDK Preview build 17733. Este SDK requer o build 17733 ou mais recente do Windows 10 Preview. Ele também requer o Visual Studio 2017, que está disponível para download aqui. O SDK agora não suporta versões anteriores à 2017. Com este kit para desenvolvimento de software, ou SDK, os desenvolvedores poderão criar novos aplicativos para o sistema operacional. Além do SDK, o Mobile Emulator Preview build 15240 também está disponível para download. Windows 10 SDK Preview build 17733 De acordo com a página de download, esta versão Preview não deve ser usada em ambientes de produção. A Microsoft recomenda sua instalação apenas em máquinas (físicas ou virtuais) de teste. No momento o post com o anúncio da Microsoft em seu blog para desenvolvedores com mais informações sobre este build do SDK não está disponível. Build anteriores do SDK introduziram o suporte para MSIX, que basicamente é um contêiner para aplicativos e uma alternativa ao Windows Installer usado atualmente. Para empacotar um aplicativo neste formato, você deve usar a ferramenta MakeAppx. Aplicativos distribuídos neste formato podem ser executados no Windows 10 Preview build 17682 e posteriores. Vale destacar que este formato ainda não é suportado pela Microsoft Store e nem pelo App Certification Kit. Confira o vídeo disponível aqui para saber mais sobre o formato MSIX. Os desenvolvedores podem obter o Windows 10 SDK Preview build 17733 e o Mobile Emulator Preview build 15240 aqui. É necessário ser registrado no Windows Insider Program. O post Microsoft disponibiliza o Windows 10 SDK Preview build 17733 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  11. A Microsoft anunciou nesta terça-feira que os participantes do Windows Insider Program e do Windows Insider Program for Business já podem fazer o download do Windows Server 2019 Preview build 17733. Este é o mais recente build da próxima versão do Windows Server que será oferecida através do Long-Term Servicing Channel (LTSC) e inclui a experiência de desktop completa ao invés de incluir apenas o Server Core. O build 17733 para o Semi-Annual Channel (Server Core) e o build 17733 do Hyper-V Server 2019 Preview também estão disponíveis. Faça o download do Windows Server 2019 Preview build 17733 De acordo com a Microsoft, o Windows Server 2019 Preview build 17733 (LTSC) está disponível em 18 idiomas, incluindo o português brasileiro, como um arquivo ISO e em inglês como um disco rígido virtual no formato VHDX pronto para ser usado no Hyper-V. O build 17733 para o Semi-Annual Channel (Server Core) está disponível como ISO e como VHDX somente em inglês. Já o build 17733 do Hyper-V Server 2019 Preview está disponível apenas em inglês e como ISO. As chaves abaixo podem ser utilizadas para ativação do Windows Server 2019 Preview build 17733 (LTSC): Edição Datacenter – 6XBNX-4JQGW-QX6QG-74P76-72V67 Edição Standard – MFY9F-XBN2F-TYFMP-CCV49-RMYVH O build 17733 para o Semi-Annual Channel (Server Core) não requer uma chave de produto. O novo build expirará em dezembro de 2018. Os interessados podem fazer o download do Windows Server 2019 Preview 17733 (LTSC), Hyper-V Server 2019 Preview build 17733 e do build 17733 para o Semi-Annual Channel aqui. Na mesma página também é possível fazer o download do Windows Admin Center v1808 Preview. O changelog completo do Windows Server 2019 Preview está disponível aqui. O post Faça o download do Windows Server 2019 Preview build 17733 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  12. A Microsoft disponibilizou hoje as atualizações de agosto de 2018 para Windows, Office, Microsoft Edge e outros produtos como parte do seu ciclo mensal. Além destas atualizações de segurança a empresa também disponibilizou uma nova versão da sua ferramenta para remoção de malwares. Atualizações de agosto de 2018 para Windows e outros produtos da Microsoft Todas as atualizações de agosto de 2018 para Windows e outros produtos estão disponíveis através do Windows Update, WSUS (Windows Server Update Services) e via download direto no Catálogo do Microsoft Update. As atualizações cumulativas para as diferentes versões do Windows 10 estão disponíveis para download direto aqui. Como algumas destas atualizações corrigem falhas críticas de segurança, a Microsoft recomenda que os usuários e as empresas façam a instalação o mais rápido possível. Outro detalhe é que algumas das falhas podem ser usadas para permitir a execução de códigos maliciosos nos computadores afetados. Mais detalhes e a lista completa com todos os produtos afetados estão disponíveis aqui e aqui. Quem está usando do Windows 10 Fall Creators Update (Windows 10 v1709) terá o build do sistema operacional alterado para 16299.611. De acordo com o changelog publicado aqui, a atualização cumulativa corrige bugs, falhas de segurança e implementa proteções adicionais contra a vulnerabilidade L1 Terminal Fault (L1TF) que afeta processadores Intel Core e Intel Xeon (CVE-2018-3620 e CVE-2018-3646). Já os usuários do Windows 10 April 2018 Update (Windows 10 v1803) terão o build do sistema operacional alterado para 17134.228. Esta atualização cumulativa corrige múltiplos bugs, falhas de segurança e implementa proteções adicionais contra a vulnerabilidade L1 Terminal Fault (L1TF) que afeta processadores Intel Core e Intel Xeon (CVE-2018-3620 e CVE-2018-3646). O changelog completo pode ser visto aqui. Entre os bugs corrigidos na atualização do Windows 10 April 2018 Update estão um que causa alto uso de CPU e degradação de performance em sistemas equipados com processadores AMD das famílias 15h e 16h, um que causa redução na duração da bateria após o upgrade para o Windows 10 v1803 e um que faz com que o Device Guard bloqueie algumas Ids de classe ieframe.dll após a instalação da atualização cumulativa do mês de maio. Na parte de segurança, uma das correções trazidas por esta atualização para o Windows 10 April 2018 Update afeta uma vulnerabilidade relacionada à função Export-Modulemember() do Device Guard. Esta atualização de agosto também corrige vulnerabilidades no Windows Server. Os changelogs do Windows 10 v1703 (Windows 10 Creators Update), Windows 10 v1607 (Anniversary Update) e Windows 10 v1511 podem ser encontrados aqui, aqui e aqui, respectivamente. As mudanças no Windows 7 SP1 e Windows Server 2008 R2 SP1 podem ser vistas aqui, enquanto que as mudanças no Windows 8.1 e Windows Server 2012 R2 podem ser vistas aqui. O post Atualizações de agosto de 2018 para Windows e outros produtos da Microsoft apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  13. O Windows 10 Preview build 17738 foi disponibilizado hoje para os participantes do Windows Insider Program no canal de distribuição Rápido. Confira abaixo algumas novidades neste build. Novidades no Windows 10 Preview build 17738 Com o fim do desenvolvimento da atualização Redstone 5 se aproximando, o foco da Microsoft agora é a correção de bugs. Por isso não espere grandes novidades. De acordo com o anúncio da Microsoft, a lista de bugs corrigidos no Windows 10 Preview build 17738 inclui um que causa um erro na execução do Office no Windows 10 com modo S habilitado, um que faz com que o download de arquivos maiores que 4GB usando o Microsoft Edge seja interrompido quando esta marca é atingida, um que causa problemas na exibição dos menus do Microsoft Edge quando a opção para aumentar o tamanho do texto é escolhida no aplicativo Configurações, um que impede que texto copiado de alguns sites não possam ser colados em aplicativos UWP e um que causa lentidão na abertura de arquivos muito grandes no Bloco de Notas. Sobre os problemas conhecidos neste build, a lista inclui um que pode causar a GSOD (tela verde da morte) quando você tenta apagar uma pasta local que foi sincronizada com o OneDrive, um que faz com que certos elementos da interface não exibam o efeito Acrylic da linguagem de Design Microsoft Fluent Design System após o upgrade para o build 17738 e um que faz com que certos elementos da interface apareçam truncados quando a opção para aumentar o tamanho do texto é utilizada. A lista completa com todos os bugs corrigidos e problemas conhecidos no Windows 10 Preview build 17738 pode ser vista no link acima. O post Novidades no Windows 10 Preview build 17738 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  14. A Microsoft anunciou hoje que os participantes registrados no Windows Insider Program que optaram pelo canal de distribuição Rápido já podem fazer o download do Windows 10 Preview build 17738 via Windows Update. Faça o download do Windows 10 Preview build 17738 Os usuários registrados no Windows Insider Program rodando um dos builds mais recentes e que estão no canal de distribuição Rápido podem fazer o download do build 17738 seguindo as instruções abaixo. – No menu Iniciar, clique em Configurações: – Agora clique em Atualização e segurança: – Clique no Windows Update para procurar por novas atualizações e o build 17738 aparecerá como disponível: O post Faça o download do Windows 10 Preview build 17738 apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  15. Pesquisadores da Check Point divulgaram detalhes de duas vulnerabilidades no protocolo de comunicação das máquinas de Fax que podem ser usadas por hackers para invasão de redes corporativas. Batizado como Faxploit, o ataque tem como alvo o protocolo ITU T.30 e explora as vulnerabilidades CVE-2018-5924 e CVE-2018-5925 nos componentes que lidam com marcadores DHT e COM. Os pesquisadores Eyal Itkin e Yaniv Balmas disseram que um atacante pode enviar imagens especialmente criadas para uma máquina de Fax contendo código que explora as duas vulnerabilidades mencionadas acima e assim ele pode obter os privilégios necessários para execução de códigos na máquina e tomar o controle completo dela. Partindo deste ponto, o atacante pode baixar e executar outras ferramentas que verificam a rede local e comprometem os dispositivos próximos: Os dois pesquisadores gravaram uma demonstração do ataque Faxploit que pode ser vista no vídeo abaixo. No vídeo eles usam a máquina comprometida para baixar e executar o exploit EternalBlue nos computadores próximos. Vídeo demonstrando o ataque Faxploit:  Itkin e Balmas afirmam que o ataque é relativamente simples, já que o hacker só precisa do número do Fax da vítima para iniciá-lo. Como muitas empresas e organizações deixam os números expostos em seus sites e o Google já indexou mais de 300 milhões deles, não é difícil encontrar um alvo em potencial. Outro detalhe é que não é necessário usar a conexão à internet para acessar a máquina de Fax alvo do ataque. Só a linha telefônica já basta. Os pesquisadores recomendam que as empresas instalem as atualizações mais recentes para suas máquinas. A HP já disponibilizou atualizações para modelos da linha OfficeJet e de outras afetadas pelas vulnerabilidades. Um dos modelos da linha OfficeJet foi usado pelos pesquisadores para demonstração do ataque. Uma cópia da apresentação dos pesquisadores está disponível aqui. O post Vulnerabilidades permitem que hackers comprometam uma rede enviando um Fax apareceu primeiro em BABOO. Ler artigo completo
  • Publicidade

×