Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Deusi

HD de 2 TB não aparece no Meu Computador

Mensagem Recomendada

Deusi   

Amigos, utilizo o sistema operacional Windows 7 Ultimate. Adquiri um HD da Seagate de 2 TB. Ao instalá-lo ele aparece na configuração da BIOS e no sistema operacional, lá e Gerenciamento de Dispositivos. Contudo, ele não aparece na parte principal que é na tela de Meu Computador. Só aparece o HD onde está instalado o próprio sistema operacional e Arquivos de Programas (Letra "C"). Gostaria de fosse reconhecido em seu devido local afim de que pudesse formatá-lo, mas como ele não aparece por lá, essa opção é inexistente. Por sua vez lá em Gerenciamento de Discos, clicando com o mouse lado direito em cima dessa Unidade, tem-se as opções de Converter em disco dinâmico, Converter em disco GPT e em negrito aparece a informação: NÃO ALOCADO. Continuando, posso acrescentar que quando clico na tela donde o mesmo poderia ser visualizado lá mesmo em Gerenciamento de Discos e o espaço que estava em branco é preenchido por diversas linhas e surge tão somente a opção: Novo Volume Simples. Diante desse quadro a indagação é a seguinte: Como atribuir uma letra para essa unidade de disco rígido se até mesmo essa opção não aparece por lá ?

A opção correta seria Converter em disco dinâmico ou em Converter em disco GPT ou até mesmo em Novo Volume Simples. Reconheço que essa questão depende daqueles que possuem um conhecimento técnico. Aguardo sugestões dos nobres amigos. Caso o tópico esteja no local inadequado, removam, por favor, para o considerado correto.

Editado por Deusi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Deusi   

Amigo, E-Ponto, seguem 3 (três) imagens donde se há opções para se clicar lá em Gerenciamento de Disco. Observe que esse HD de 2 TB aparece por aí, mas consta NÃO ALOCADO. Agradeço a sua colaboração.

post-58673-097257100 1289520909_thumb.jp

post-58673-062061900 1289520949_thumb.jp

post-58673-033131200 1289520979_thumb.jp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E-ponto   

Primeira imagem => Novo volume simples e seguir as instruções da ferramenta. (OKZ)

Você pode dimensionar como desejar até 4 partições no disco, se precisar mais que isso tem que converter primeiro para disco GPT.


e_ponto.jpg

 

E-Ponto era o administrador deste fórum. Lamentavelmente ele faleceu dia 19/Out/2014 e fará muita falta para todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Deusi   

Prezado, E-Ponto, na verdade eu gostaria de formatar esse HD e não particioná-lo. Apenas uma única unidade tão somente. Com esse procedimento sugerido posso optar por apenas uma unidade ? Essa é a minha dúvida. Claro, após a sua prestativa sugestão.

Prezado, E-Ponto, nota 10 ! Problema resolvido. HD reconhecido e já formatado. Te agradeço mais uma vez.

EM TEMPO: Sem usar o HD de 2 TB, 200 megabytes já se foram, só que não sei para onde ?

Editado por Deusi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

EM TEMPO: Sem usar o HD de 2 TB, 200 megabytes já se foram, só que não sei para onde ?

Em HDs, 2TB = 2000GB. Para o Windows, 2TB seriam 2048 GB. Essa diferença faz com que os drives sejam reconhecidos com capacidade "menor" do que a informada pelo fabricante. Discos de 1TB possuem, na visão do Windows, pouco menos de 1TB pelo mesmo motivo. Soma-se a isso o fato de a formatação "desperdiçar" um pouco do espaço devido a clusters de 4KB, onde arquivos com tamanho menor que este ocupam sozinhos um cluster de 4kb por não haver unidade menor de alocação no disco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
shelter   

Nunca vai aparecer 2TB

No seu caso é 2.000.000 / 1024 = 1.953.125

Olha a explicação abaixo para um HD de 80GB que na real é 74GB

Naum tem nada de perda de espaço na formatação... a questão é que os vendedores vendem os hds em potências de 10 e naum potências de 2.

Explico... esses 80gb deveriam ser 2 elevado a 30 vezes 80 pois 1 gb = 2^30, assim como 1kb=2^10. Ou seja 1kb = 1024. só que eles utilizam a notação de 1kb=1000bytes ou seja 10^3 e logo 1gb = 10^9.

Entaum seu hd ao invés de ter 80*2^30 tem 80*10*9 (80 bilhões de bytes) Isso é a medida fantasia que eles utilizam para vender, mas no Windows ele reconhece o tamanho real.

Para achar esse tamanho real você pega 80.000.000.000/1024^3 = 74gb aproximadamente...

Ou seja... um hd no mercado é vendido pela sua capacidade em bilhões de bytes, deu pra entender. Isso é fácil de se perceber pois a medida queo hd cresce a parte perdida pelo Windows é maior, o que é ilógico visto que o espaço perdido com a formatação deveria ser constante para qualquer hd submetido a um mesmo sistema...

Tem alguns hds que trazem bem claro na etiqueta acima que essa medida é em potências de 10 e naum de 2...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
E-ponto   

Sem usar o HD de 2 TB, 200 megabytes já se foram, só que não sei para onde ?

Calma sem estresse não tem nada de errado, esta é a notação hexadecimal usada por qualquer sistema operacional:

1 Bit = Binary Digit

8 Bits = 1 Byte

1024 Bytes = 1 Kilobyte

1024 Kilobytes = 1 Megabyte

1024 Megabytes = 1 Gigabyte

1024 Gigabytes = 1 Terabyte

de uma forma mais simplificada para fazer as contas:

- cada 1.024 bytes é 1 Kilobyte

- cada 1.048.576 bytes é 1 Megabyte

- cada 1.073.741.824 bytes é 1 Gigabyte

- cada 1.099.511.627.776 bytes é 1 Terabyte

Já os fabricantes de HD costumam usar a notação da base decimal para especificar a capacidade dos drivers:

1 Bit = Binary Digit

8 Bits = 1 Byte

1000 Bytes = 1 Kilobyte

1000 Kilobytes = 1 Megabyte

1000 Megabytes = 1 Gigabyte

1000 Gigabytes = 1 Terabyte

Se o seu disco tem 2 Terabytes segundo especificação do fabricante, então ele terá para o Windows a capacidade de 1,81 Terabytes = 2.000.000.000.000 bytes / 1.099.511.627.776 bytes. As quantidades corretas você pode ver na guia Geral das propriedades do driver.

Bem o porque dessa confusão toda, na verdade não há confusão, é uma questão de conceito. Nós estamos acostumados a trabalhar no dia a dia na base decimal, todas nossas contas são feitas usando a base 10, por isso para nós KILO é 1000 vezes que é a base 10 elevada a 3, MEGA é 1.000.000 vezes que é a base 10 elevada a 6.

No computador as coisas são totalmente diferentes, ele é uma máquina digital que trabalha com dois estados apenas 0 e 1, isso significa que trabalha na base 2, e todos seus componentes trabalham usando a base 2, portanto quando se fala em KILO na base 2 estamos falando de 2 elevado a potência 10 que são 1024 vezes, quando falamos em MEGA na base 2 estamos falando de 2 elevado a potência 20 que são 1.048.576 vezes.

Perceba que os fabricantes de HD's falam da capacidade na base 10, num ato considerado por muitas pessoas ligadas a industria de informática como propaganda enganosa, tanto que seja qual for o seu sistema operacional quando você vai formatar referido HD em NTFS por exemplo, tera a sua disposição setores com 4096 bytes, ou 4 Kilobytes na base 2 (2 elevado a potência 12), ou seja, se refere sempre a base 2 que é a utilizada por toda máquina hardware e inclusive pela própria controladora interna do HD (está aqui o motivo dos que criticam os fabricantes por propaganda enganosa).

Ao contrário dos fabricantes de HD's, os fabricantes de memórias especificam a capacidade de acordo com a base 2, um pente de 1 Gigabytes tem 1024 Megabytes ou 1.073.741.824 bytes


e_ponto.jpg

 

E-Ponto era o administrador deste fórum. Lamentavelmente ele faleceu dia 19/Out/2014 e fará muita falta para todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Naum tem nada de perda de espaço na formatação...

Tem sim. Tudo depende do sistema de arquivos e do tipo de dados gravados nele. Arquivos menores que 4KB ocupam um cluster inteiro de 4KB em disco. A situação fica ainda pior em FAT32 por causa dos clusters padrão de 32KB, onde um arquivo de 1 KB ocupa sozinho um cluster 32 vezes maior. Um número maior de arquivos menores que o tamanho de cluster padrão gera, proporcionalmente, mais desperdício quanto mais ocorre na partição. Portanto, você perde mais ou menos espaço em disco dependendo da formatação do HD sim. Vai ocorrer à medida que se grava nele, mesmo com clusters menores. Em discos rígidos há sempre considerável espaço tomado e não utilizado e tanto o tipo de formatação quanto de arquivos que ele armazena influem diretamente nisso. Na prática, você perceberá que o espaço ocupado do disco é maior do que a quantidade de dados que efetivamente estão gravados ali.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  

×