Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Baboo

Otimização de SSD A FUNDO - Parte 1

Avalie este tópico:

Otimização de SSD A FUNDO - Parte 1: assista, vote e comente..  

4 votos

  1. 1. Qual é a sua opinião sobre esse vídeo? Poste seus comentários neste tópico

    • Excelente
      4
    • Ótimo
      0
    • OK
      0
    • Fraquinho..
      0
    • Não gostei
      0


Mensagem Recomendada

 

VÍDEO PUBLICADO DIA 16/JUN/17

Confira a primeira parte uma análise profunda e detalhada sobre otimização de SSD. Neste vídeo você aprenderá sobre desfragmentação, tempo de vida útil de um SSD e backup

Links relacionados a este vídeo:

Teste de durabilidade de SSD do site The Tech Report
SSDLife Portable
Curioso Caso da Desfragmentação de SSD no BABOO
Relatório sobre uso de SSD nos datacenters do Facebook
Relatório sobre uso de SSD nos datacenters do Google
PerfectDisk
Defraggler

Clique nas imagens abaixo para assistir o vídeo diretamente na parte abordada na imagem

Hoje eu vou abordar otimização de SSD A FUNDO e esse tema está dividido em dois vídeos. Neste primeiro vídeo eu explico três tópicos FUNDAMENTAIS que você PRECISA saber sobre SSD para você entender mais a fundo sobre otimização do WINDOWS no uso do SSD. Estes tópicos constroem a base do conhecimento necessário para você saber o que é mito e o que é verdade, na otimização de um SSD.

Otimização de SSD A FUNDO - Parte 1
Otimização de SSD A FUNDO - Parte 1

No segundo vídeo eu abordarei em detalhes as principais dicas que os "especialistas" da internet falam sobre otimização de SSD, e também dou várias dicas e sugestões que REALMENTE funcionam para você alcançar a performance máxima do seu SSD. É importante que você assista este primeiro vídeo para evitar que você tenha dúvidas no segundo vídeo que você não teria se você tivesse assistido este vídeo.

Antes de mais nada, o que é SSD? SSD é o Disco de Estado Sólido  (1) (Solid State Disk), que a grosso modo é um HD feito de pentes de memória, que ao contrário da memória RAM, ele não perde os dados quando você desliga o computador, da mesma maneira que um pendrive ou um cartão de memória de câmera fotográfica ou de filmadora. 

O SSD é um "pendrive gigante" que substitui com vantagens o HD tradicional, pois ao contrário do HD, o SSD não tem peças móveis, não faz barulho, ele não esquenta, e consome muito pouca energia. E a MAIOR vantagem dele é obviamente a velocidade.

Otimização de SSD A FUNDO - Parte 1 - HD x SSD
Vantagens do uso do HD e SSD

Enquanto um HD precisa de cerca de 10 milésimos de segundo para encontrar um arquivo, um SSD é em média 100 vezes mais rápido. E na hora de salvar o arquivo, o SSD é entre 4x e 10x mais rápido do que um HD. A única desvantagem do SSD é que ele é mais caro do que um HD tradicional.

PRIMEIRA DÚVIDA: POSSO DESFRAGMENTAR O SSD?

Resposta: SIM. Quando os programas de desfragmentação detectam um SSD, eles não desfragmentam os arquivos dali: na verdade eles otimizam o espaço livre, que na prática ajuda o TRIM, que é um comando utilizado pelo SSD para definir quais blocos podem ser utilizados e quais não podem ser utilizados.

Mas se você quiser desfragmentar um SSD como você faz com um HD, você PODE fazer isso sem problema algum, embora nem sempre isso seja útil. Isso não vai danificar o SSD, a diminuição da vida útil dele é IRRISÓRIA, como eu mostrarei a seguir, e você não precisa se preocupar com isso. Embora a tecnologia do SSD torne a sua desfragmentação tecnicamente desnecessária, existe uma situação aonde a desfragmentação do SSD é justificável. 

Há alguns anos, eu migrei o servidor do Fórum do BABOO para um hardware superpotente que tinha 1TB de SSD em RAID 10, 96 GB de memória RAM, e o fórum "voava baixo". Tudo era ridiculamente rápido, tarefas internas eram muito rápidas: eu podia copiar pastas e arquivos entre partições a 900 MB/s e eu estava feliz da vida. Daí algumas semanas depois, o fórum começou a ficar mais lento. 

PerfectDisk: desfragmentação de SSD
PerfectDisk: desfragmentação de SSD

O carregamento das páginas ficou mais lento, a cópia de arquivo idem, e eu não entendi o porquê. Então eu rodei o PerfectDisk, que é o programa de otimização de disco que eu uso nos servidores do BABOO, e ali eu pedi pra ele analisar o que estava acontecendo. Ele encontrou 480 MIL fragmentos de arquivos

Eu sabia que era SSD, então resolvi utilizar a opção de OTIMIZAR o disco, que é ideal para SSD. Ele otimizou, mas nada mudou. Então eu resolvi fazer um teste: eu fiz o backup desta partição, e configurei o PerfectDisk para desfragmentar o SSD como se fosse um HD. Ele informou que isso não é recomendável, eu dei OK, ele começou a desfragmentação, e uma hora depois o SSD estava totalmente desfragmentado com 600GB de arquivos ali. E, para minha surpresa, o fórum voltou a ficar super-rápido, as tarefas internas também, as cópias de arquivos idem, e tudo voltou ao que era antes.

Aí fica a pergunta: então é conversa-fiada que eu não posso desfragmentar um SSD de maneira normal?

Para analisar essa questão de mais a fundo, eu contatei a Raxco, que é a criadora do PerfectDisk, e eles me colocaram em contato com Greg Hayes, que é o principal especialista de otimização e sistemas de arquivos da Raxco, e que entre 2003 e 2007 ele foi Microsoft MVP da área de File System. Ele me explicou que teoricamente a fragmentação do SSD não afeta a performance do computador, MAS se tiver um nível de fragmentação absurdo, a controladora do SSD não dá conta disso, a daí ela se torna um grande gargalo para o computador. 

Controladora do SSD é gargalo quando há muita fragmentação
Controladora do SSD é gargalo quando há muita fragmentação

Embora o SSD acesse os dados em pentelhésimos de segundos, e por isso você não precisa desfragmentar, se a fragmentação tiver muito alta, a controladora não dá conta disso, e isso afeta o computador independentemente do SSD, da controladora, da quantidade de memória RAM ou do cache em disco. 

Então a dica é: se o seu SSD estiver EXTREMAMENTE fragmentado e a otimização do SSD não deixou ele mais rápido, você PODE desfragmentar o SSD como se fosse um HD comum. Ele vai ficar mais rápido, embora vá diminuir um pentelhésimo a vida útil dele, algo que eu vou abordar nos próximos tópicos. Então faça isso e você verá a diferença.

É VERDADE QUE O SSD TEM UM LIMITE DE VIDA ÚTIL?

SIM, ele tem, o HD também tem, pois eles não vão durar para sempre, mas a imensa maioria das pessoas comete o erro de achar que o SSD vai pifar na semana que vem, no mês que vem ou no ano que vem se você ficar utilizando-o muito. Isso está completamente errado! Os fabricantes de SSD informam o TBW, o Total Bytes Written, que é o total de bytes escritos, que na prática é o total de terabytes de dados que serão escritos nesse drive antes dele perder a garantia. 

Cálculo simples de uso diário de um SSD baseado no TBW e tempo de garantia
Cálculo simples de uso diário de um SSD baseado no TBW e tempo de garantia

Isso não significa que o drive vai pifar logo em seguida, somente que a garantia dele vai acabar. Por exemplo: o Kingston V300 de 120 GB tem garantia de 3 anos e tem um TBW e 64 TB, de acordo com o site da Kingston. Isso indica de depois de você salvar 64 TB de dados nesse SSD, ele perderá a garantia. Para você saber quanto que é isto por dia, basta aplicar uma fórmula simples: é saber o TBW, multiplicar por 1000 e dividir por 365 vezes o número de anos da garantia:

          TBW x 1000
--------------------------------
365 x anos de garantia
 

No caso do Kingston V300:

64  x  1000
----------------  =  58,4 GB por dia
365  x  3 

Então esse drive suporta 58,4 GB de dados salvos por dia nele ininterruptamente durante 3 anos até que a garantia dele acabe. 

Segundo exemplo: o Samsung EVO 850 de 256 GB, que tem um TBW de 75 TB e 5 anos de garantia de acordo com o site da Samsung:

75  x  1000
----------------  =  41 GB por dia durante 5 anos seguidos.
365  x  5 

Traduzindo isso de uma maneira que você compreenda: se você entrar no Defraggler, no seu drive de SSD que tem 120GB e ele te informar que existem 30GB de arquivos fragmentados: se você desfragmentar esse drive TODOS OS DIAS durante 3 anos seguidos, mesmo assim ele não atingirá a METADE da vida útil dele.

SSDLife mostra quando seu SSD perderá a garantia
SSDLife mostra quando seu SSD perderá a garantia, mas ele pifará muito depois..

Para você saber quantos TB o seu SSD já escreveu e qual é a data de vencimento da garantia baseado no TBW, você pode utilizar a versão portátil do SSDLife que não precisa de instalação.  E é importante você saber que a data informada não indica que o seu SSD pifará em seguida: ele indicando apenas o final da garantia dele e certamente ele vai pifar muuuuuito depois disso. 

O mais incrível não é nem isso: em 2013 o site The Tech Report fez um teste MUITO interessante. Eles pegaram seis drives SSD, sendo um da Corsair, um da Intel, dois da Kingston, e dois da Samsung, e colocaram eles escrevendo dados ininterruptamente até que eles pifassem. Para você ter uma ideia, esse teste durou quase 19 MESES para ser finalizado, que foi o tempo necessário até que o último SSD pifasse. Isso significa que esse SSD precisou mais de 13 MIL HORAS de escritas contínua antes dele pifar. 

Qual foi o resultado desse teste? Eu criei essa tabela baseada nos resultados no teste da The Tech Report para você compreender melhor o que acontece.  Como você pode ver, o Kinsgton HyperX 3K foi o primeiro a pifar. O TBW dele é de 153 TB, mas ele durou 5 VEZES mais do que o tempo de garantia estabelecido pela própria Kingston. O curioso é que esse mesmo drive durou 3 VEZES mais quando a compressão de dados nativa da controladora estava ativada. 

Resultado do teste de durabilidade de seis SSD
Resultado do teste de durabilidade de seis SSD

O Corsair Neutron tem um TBW de 75 TB, mas ele pifou depois de escrever um petabyte e meio (1,5 PB) que são 1.500 TB, ou seja, ele durou 20 VEZES mais do que o tempo de garantia estabelecido pela própria Corsair. E o campeão foi o Samsung EVO 840 Pro que durou 33 VEZES mais do que o tempo de garantia estabelecida pela própria Samsung: o TBW dele é de 75 TB, mas ele pifou somente depois de escrever inacreditáveis dois e meio petabytes (2,5 PB) ou 2.500 terabytes (TB).

E detalhe importante: esses SSD são de 4 anos atrás, sendo que os novos certamente são ainda mais robustos, pois a tecnologia do SSD continua evoluindo. Só como comparação, o SSD mais avançado hoje em dia, o Samsung 960 Pro, tem um TBW de 1200TB. Bom, se ele tiver o mesmo resultado que o EVO 840 Pro teve no teste da The Tech Report, certamente seus netos ainda estarão utilizando este drive.

A conclusão disso é que embora o SSD tenha um tempo de vida útil, ele é absurdamente alto e você não precisa ficar mendigando o número de bytes escritos no SSD, ou pior: desabilitar funcionalidades do Windows por causa disso. 

É NECESSÁRIO FAZER BACKUP DO SSD?

SIM, você precisa fazer pois eu tenho visto muita gente que migrou de HD para SSD e acha que não precisa fazer mais backup porque o SSD é novo, a tecnologia é nova, e ele nunca vai pifar. Isso é um ERRO! 

O Facebook foi uma das primeiras empresas a utilizar maciçamente o SSD nos seus datacenters e em 2015 eles disponibilizaram um relatório sobre as falhas desse tipo de drive. Embora o SSD deles seja diferente do modelo para consumidores que é o que tem no seu computador e no meu, é interessante saber que eles descobriram que o SSD é extremamente sensível a temperatura: quanto mais quente, mais ele pifa. Além disso, quanto mais dados forem escritos, mais energia ele consome e mais problemas aparecem.

Relatório de uso do SSD em datacenter pelo Facebook e Google
Relatório de uso do SSD em datacenter pelo Facebook e Google

Em 2016 o Google também publicou um relatório com os resultados do uso de SSD em seus datacenters e revelou dois fatos interessantes. Primeiro: SSD pifa muito mais do que HD, e em segundo o SSD gera muito mais erros, embora o usuário não perceba, pois o SSD faz a autocorreção.

Então a conclusão é que você NÃO PODE deixar de fazer backup pelo simples fato de você estar utilizando um SSD

ERRATA

(1) SSD é Solid State Drive e não Solid State Disk


[]s
 
Aurélio “Baboo”

assinatura-baboo-forum.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Baboo.

Sempre bato na mesma tecla. Porque a MS não melhora o Desfragmentador deles para que este se torne comparável ou até melhor do que  outros Desfragmentadores tanto free como pagos?  Se já vem com o OS, porque temos que continuar usando Desfragmentadores de terceiros?

Aqui uso o Raxco. Mas já tentei o Defraggler e o O&O! Para mim, o Raxco é um dos melhores.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre a vida útil do SSD, tenho um WD BLACK PCIE SSD de 256GB, no programa da própria WD informa que o SSD ainda tem 92% da vida útil e com o CristalDiskInfo tenho a informação que já foi gravado 12TB de arquivos no SSD, tendo estes números a vida útil deste SSD seria de 150TB? Tem 5 meses de uso o SSD, então acredito que levaria 5 anos para chegar aos 100% (até la já troquei). A pergunta é, a informação do programa da WD é referente ao término da garantia como você falou ou a vida útil (pifar) como esta escrito no programa?

ssd.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Quer postar a sua dúvida? Cadastre-se pois é rápido e fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×
×
  • Criar Novo...